O mundo encantado das mamães e seus bebês!

Travessuras…

by Gisele

A infância é um período muito gostoso de descobertas e muita criatividade dos pequenos. Acontece que com as travessuras é comum vir os acidentes e o apavoramento das mamães, principalmente as de primeira viagem.

O Blog maternoeinfantil preparou algumas dicas de como evitar os principais acidentes nessa fase.

É claro que os acidentes na infância variam muito em conformidade com os locais onde a família reside (campo ou cidade), tipos de moradia (casa, apartamento, térreo ou andares) e principlamente varia com a idade de quem está cometendo a travessura.

Acidentes Automobilísticos: Caso a criança esteja ocupando algum automóvel – Nunca pense que o trajeto é curto ou que não tem perigo. Pesquisas demonstraram que a grande maioria dos acidentes ocorrem próximos de casa ou do destino. Como evitar: Existem assentos adequados  para cada faixa etária, nunca leve as crianças no banco da frente e sempre utilize o cinto de segurança mesmo no banco de traz.

Quedas: As quedas costumam acontecer em casa, especialmente de mobílias, escadas, playgrounds e janelas. Como evitar: Nunca deixe os bebês sozinhos em camas, trocadores ou sofás, coloque barreiras de acesso às escadas, avalie se os brinquedos do Play são seguros ou se possuem proteção contra quedas, como chão recoberto de material macio, mantenha os acessos à lajes e sacadas fechados e coloque redes de proteção em janelas e sacadas dos apartamentos. Em caso de grades, verifique a distância das traves para que a criança não tente atravessá-las, retire os móveis que favoreçam às crianças a subirem nos parapeitos e que os ajudem a alcançar as janelas e outros móveis mais altos.

Afogamentos: Se a casa tem piscina o perigo é maior, mas esteja atenta aos clubes e áreas públicas e por incrível que pareça, como falei anteriormente, dependendo da idade até o banho é perigoso. Como evitar: Coloque barreiras de acesso à piscina da casa, em qualquer local nunca deixe a criança sozinha, mesmo que ela saiba nadar, acostume a criança a utilizar sempre as bóias e mesmo nesse caso não a perca de vista, verifiquem a presença de salva-vidas nos clubes e praias e não deixe a criança brincar próximo às piscinas ou entrar em locais perigosos mesmo acompanhada. Nunca deixe o bebê sozinho nas banheiras, mesmo que ele saiba sentar.

Asfixia: É ato institivo e faz parte do desenvolvimento das crianças levarem tudo á boca, portanto as mamães devem ter especial cuidado com os objetos deixados próximos aos filhotes. Os objetos mais comuns que provocam engasgamentos e asfixia são as moedas, partes pequenas de brinquedos, lápis e pedaços de plástico. Para evitar essa situação nunca deixe objetos pequnos próximos às crianças.

Se o bebê engasgar coloque-o de bruços em seu colo com a cabeça mais baixa que o corpo, dê pancadas secas nas costas do bebê (5 vezes), vire o bebê de frente, também com a cabeça mais baixa que o corpo, coloque 2 dedos na parte de baixo do osso do peito do bebê e empurre-o 5 vezes, repita esta operação desde o início até que a via aérea esteja livre e o bebê repire livremente. Nas crianças maiores fique em pé atrás da criança e coloque os punhos fechados na parte inferior do osso do peito, puxe com firmeza para cima e para dentro 5 vezes, repita a operação até que a crinaça respire normalmente.

Outra coisa que a criança pode levar à boca são medicamentos e produtos de limpeza e higiene (envenenamentos). Este tipo de acidente é imprevisível pois em segundos a criança pode ingerir algo que você não tenha visto. Mantenha as crianças longe destes produtos, guarde-os trancados em local seguro e de conhecimento apenas dos adultos.

Queimaduras: A causa mais comum de queimaduras é o derramamento de líquidos quentes e menos por acidentes com fogo. Como evitar: Mantenha os alimentos e bebidas quentes longe da borda dos balcões, pias e mesas, para as mesas é recomendável a retirada das toalhas para evitar que a criança puxe, mantenha a criança longe da cozinha se tiver alguém cozinhando. Utilize sempre as bocas de trás do fogão e sempre com os cabos para trás.

Oriente sempre as crianças quanto aos riscos de acidentes. Oriente também as babás e empregadas quanto as formas de prevenção dos acidentes e nunca, nunca perca seu pequeno de vista!

Tags: , , ,


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>